quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Turmas do SEST-SENAT recebem visita da equipe do Pronatec

Aula do curso de Montador de Andaime
No último dia 27 (terça-feira) a equipe do Pronatec da Secretaria Municipal da Família e Assistência Social, participou de visita técnica na unidade do SEST-SENAT. 

Aula do curso de Operador de Guindar
O objetivo das visitas é realizar a fiscalização e o acompanhamento do Programa dentro das unidades de ensino ofertantes, conversar com alunos, professores, equipe pedagógica, coordenação do Programa dentro das instituições. 

Além disso conhecer as instalações físicas como salas de aula e laboratórios e verificar se tudo está acontecendo de acordo com as diretrizes do Programa.

Aula do curso de Motorista de Transporte de Passageiros
Os cursos visitados foram Operador de guindar, Operador de Empilhadeira, Montador de Andaime, Monitor de Transporte escolar e Motorista de Transporte de passageiros. Foram verificadas também as frequências, queixas, reclamações, sugestões dos alunos, referentes a material didático, uniformes, repasse de auxílio alimentação e transporte, andamento das aulas, professores, e outros itens ligados diretamente a execução e ao bom andamento dos cursos oferecidos.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Pactuação de vagas para o primeiro semestre continua

O processo de pactuação de vagas do Pronatec para o primeiro semestre de 2015 ainda está em curso, com término previsto para o mês de março. Nesse momento, as unidades ofertantes estão avaliando o Mapa de Demandas Identificadas (MDI) consolidado pelo MEC. Essa avaliação deverá ser concluída até o dia 9 de março, quando os ofertantes irão incluir no SISTEC as propostas de oferta a serem submetidas à homologação do MEC. Somente após essa etapa, cada município saberá a quantidade de vagas efetivamente disponibilizadas. 

A seguir pontuamos o fluxo da pactuação do primeiro semestre de 2015.

1. O MDS fechou em dezembro e encaminhou ao MEC o levantamento de demandas de cursos apresentados pelos municípios, de acordo com critérios definidos pelo MEC; 

2. A partir do levantamento do MDS e do realizado pelos demais parceiros demandantes nacionais (Ministério do Trabalho e Emprego - MTE, Ministério do Desenvolvi mento, Indústria e Comércio - MDIC, entre outros), o MEC consolidou o chamado Mapa de Demandas Identificadas considerando a disponibilidade orçamentária para 2015 (contratação de 700 mil vagas para etapa de demandas identificadas no primeiro semestre de 2015); 

3. Esse mapa foi submetido aos ofertantes para que se manifestem sobre os cursos que efetivamente poderão disponibilizar e registrem os cursos no SISTEC até o dia 9 de março; 

4. MEC irá homologar as ofertas até o dia 16 de março. Ressaltamos que somente após esse prazo, saberemos o quantitativo de vagas para cada município e quantas vagas serão eventualmente disponibilizadas para a etapa de vagas potenciais. 

5. A publicação das turmas da etapa de demandas identificadas será a partir de 17 de março. 

Após esse processo será iniciada a divulgação dos cursos disponíveis e definidas as datas de inscrições.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

O Pronatec estará realizando inscrições nos dias 11, 12 e 15 de dezembro. 

Cursos: 
Espanhol Básico
Monitor de Transporte Escolar
Motorista de Passageiros
Operador de Empilhadeira
Operador de Equipamento de Guindar

Para mais informações clique no link ao lado.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

FORMATURA IFF - MULHERES MIL

 
Nesta quinta-feira (11), às 19h, no auditório Miguel Ramalho, do Instituto Federal Fluminense (IFF Centro), 52 mulheres vão receber os certificados de conclusão dos cursos de Formação Inicial e Continuada do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que faz parte do Projeto Mulheres Mil.
 


 O projeto é desenvolvido através de parceria entre a Secretaria Municipal da Família e Assistência Social, através dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e do IFF.

As turmas formandas são compostas por 10 alunas do curso de Auxiliar de Manutenção Predial, 12 do curso de Costureira e 30 do curso de Confeiteira. Segundo a diretora de Programas e Projetos, Irecy Damasceno, todas as formandas recebem acompanhamento após a qualificação isso faz toda a diferença.

- Nosso objetivo é oportunizar a emancipação das nossas alunas. Todo curso é conduzido para que elas saiam da zona de vulnerabilidade e conquistem a independência financeira – disse Irecy.