segunda-feira, 8 de setembro de 2014

EJA: um caminho para a realização de sonhos


Mais do que concluir os estudos, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede municipal de ensino tem possibilitado a realização de sonhos pelas pessoas que, por diferentes motivos, não conseguiram terminar o Ensino Fundamental na idade certa. Um total de 26 escolas em Campos disponibiliza aulas da 1ª à 9ª fase (equivalente a 1º e 9º ano do Ensino Regular).

Para a doméstica, Cíntia Constantino das Neves, 25 anos, matriculada na 3ª fase da E. M. Marechal Artur da Costa e Silva, ler e escrever passaram a ser seu grande sonho. Com três filhos pequenos, ela lamenta a dificuldade de arranjar melhores empregos. “Hoje, eu sei como faz falta os estudos. Ainda não sei o que pretendo fazer depois. A minha prioridade é terminar os estudos e conseguir um trabalho melhor do que casa de família”, diz.

Cíntia conta que, nem chegou a frequentar a escola quando era criança, pois morava no interior e devido à distância acabou ajudando a mãe a tomar conta do irmão caçula. “Meus irmãos mais velhos chegaram a estudar. Mas para mim foi difícil. Quando engravidei, as coisas se tornaram mais complicadas”, relembra.

Já o encarregado de obras, Paulo Pedro Rangel, 50 anos, resolveu voltar aos bancos escolares após esbarrar em dificuldades para melhorar de cargo na empresa em que trabalha. “Lido mais com cálculos no meu trabalho. Mas na hora da leitura, tenho muitas dificuldades. Além disso, se eu precisar comprovar a escolaridade na empresa que trabalho não teria como”, argumenta. Ele está na 2ª fase escolar.

Segundo a professora da turma de 1ª à 3ª fase, Simone Almeida, há 10 atuando na modalidade EJA, o trabalho é muito gratificante e dá a certeza de que os alunos estão ali porque realmente querem e precisam. “Para eles, tudo o que passamos faz muita diferença. Procuro dar o melhor de mim para vê-los vibrando com as conquistas”, diz satisfeita.

Fonte: www.campos.rj.gov.br
Por: Nagyla Corrêa - Foto: secom - 08/09/2014 09:14:41

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Curso de costureira do Mulheres Mil em andamento




Secretaria Municipal da Família e Assistência Social está oferecendo o curso de costureira do Projeto Mulheres Mil do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O curso começou em julho e vai até novembro, com aulas pela manhã e à tarde no Instituto Federal Fluminense (IFF) Campus Campos Centro.

O curso combina aulas teóricas com oficinas práticas duas vezes na semana. No curso de costureira, as alunas aprendem noções básicas de técnica de modelagem, desde a construção da peça até o manuseio do maquinário.

- O curso está sendo muito proveitoso. É uma oportunidade da gente ter uma profissão, com a ajuda da prefeitura e a custo zero  – afirmou a dona de casa Aldinéia França Souza, de 48 anos, aluna do curso.

 Fonte: www.campos.rj.gov.br